OS MICROSCÓPIOS MAIS IMPORTANTES DA HISTÓRIA

Desde que o homem povoa a superfície do planeta, ele sempre se sentiu atraído por descobrir o ambiente que o cerca. Desde a exploração da geografia onde vive, até o lançamento no vasto mar em busca de terras novas e inexploradas, foi uma utopia, que gerou medo e emoção em nossos corações.

As primeiras sociedades já olhavam para o céu e se perguntavam qual a posição que ocupamos neste mundo.

Alguns encontraram a resposta para esta pergunta nas divindades e nos marginalizaram para nos sentirmos como pequenos súditos a seu serviço. Outros, por outro lado, pensavam séculos atrás que os homens não estavam sujeitos aos seus desígnios, pois abaixo de nós havia seres ainda menores, e isso não nos tornava divindades.

A invenção do primeiro telescópio nos fez entender que toda essa coisa hierárquica não passava de um simples ponto de vista. Que os observadores, isto é, nós, pudessem controlá-lo. Em algum momento, alguém decidiu aumentar as pequenas coisas, que eram realmente imperceptíveis para nós, não pela distância, mas pelo tamanho. Assim nasceram os primeiros microscópios de aumento, e um novo horizonte a explorar se abriu diante de nós... E TUDO MUDOU PARA SEMPRE.

A invenção do microscópio nos permitiu observar microorganismos, vírus, elementos da natureza e um longo etcétera. Isso nos fez avançar aos trancos e barrancos, em novas disciplinas, como medicina ou biologia.

Um microscópio nada mais é do que um conjunto de lentes de vidro em uma moldura fechada colocadas de tal forma que nos permitem aumentar por meio de um zoom o que é colocado sob sua objetiva. Após vários anos de progresso na sua construção, devemos agora acrescentar a este significado que é adicionada uma fonte de luz externa que permite que a amostra seja iluminada de diferentes maneiras para facilitar o seu estudo.

ANTIGOS MICROSCÓPIOS NA HISTÓRIA

O primeiro microscópio como o conhecemos hoje foi inventado por Zacharias Janssen em 1590. Janssen foi um oculista holandês que primeiro teve a ideia de unir duas lentes de aumento para focar o objetivo com precisão e obter uma imagem ampliada do que está depositado na frente do seu alvo.

Anos depois, graças à otimização na construção da ótica, e tendo formado uma base sólida de usuários de microscópios, surgiram os primeiros microscópios compostos. Eles usaram mais de duas lentes de aumento, ou em alguns modelos, espelhos refletivos, que permitem ganhar largura de campo na visão da amostra, níveis de zoom até então inatingíveis.

A iluminação externa da amostra foi introduzida posteriormente. Isso permitirá um maior grau de zoom, de precisão na visualização da amostra. E abriu um novo leque de possibilidades em termos de coleta de amostras, desde, entre outras, o grau de incidência de luz na amostra.

Dessa forma, se a luz incidir sobre a amostra de cima em vez de paralela, obtemos diferentes efeitos ópticos ao visualizar a amostra. Desta forma, alcançamos um maior grau de realismo, precisão e volume, contra aqueles primeiros microscópios que não possuíam nenhuma dessas capacidades.

A união de todos esses elementos vem forjando o que hoje conhecemos como microscópio moderno. Mas o caminho foi longo e tortuoso, de 1760 até hoje, quase 430 anos de história.

O QUE VOCÊ PODE USAR MICROSCÓPIOS

Podemos usar microscópios para uma infinidade de tarefas, quase todas relacionadas ao campo da ciência e ao setor educacional.

Dependendo do tipo de microscópio e da tecnologia utilizada, permitirá um grau de ampliação menor ou maior. Em certos casos, como os refrativos, entre outros, que obtêm a imagem seguindo princípios diferentes dos microscópios convencionais, permitem observar até mesmo em nível atômico.

Podemos usar um microscópio para examinar amostras de tecido orgânico e ver a estrutura que o compõe. A partir de alguns níveis de zoom podemos ver que tipo de união existe entre eles e como sua superfície é formada. Isso é especialmente útil em ambientes educacionais. Quanto maior o zoom, mais detalhes podemos ver. Grandes microscópios eletrônicos são capazes de ver a própria estrutura de um átomo.

Por outro lado, existem microscópios que podemos usar no campo da física. Laboratórios especializados, possuem grandes microscópios. Que usando certas técnicas de captura de imagem (como infravermelho, frequências de rádio ou ondas magnéticas) eles são capazes de observar a estrutura atômica. É mais do que evidente que esses tipos de microscópios custam uma fortuna e que seu uso é reservado para laboratórios de alto nível.

Em um nível muito mais amador, os microscópios são usados ​​para diferentes campos, como grafologia, autenticação de moedas e efeitos de carimbo e, em geral, qualquer tarefa que exija um nível mais normal de ampliação da imagem.

>

Deve-se notar que, neste campo, os microscópios simples deixaram de ser sistemas de lentes de aumento para câmeras do tipo objetivas. Semelhante aos dos telefones de última geração. Isso tem uma séria vantagem em termos de custo-benefício e permite que os microscópios implementem tecnologias como conectividade usb ou bluetooth. E que podemos fazer gravações de tela e capturas de tela, algo muito útil em muitas disciplinas.

Como podemos ver, podemos usar microscópios em muitos campos e em inúmeras aplicações práticas.

COMO SÃO OS MICROSCÓPIOS ÓPTICOS MAIS PODEROSOS DO MUNDO

Já mencionamos anteriormente, existe um setor de microscópios de alto desempenho voltado para laboratórios especializados em determinadas áreas.

No caso específico de microscópios não eletrônicos com suporte óptico tradicional, que se baseia exclusivamente em óptica composta para aumentar a imagem. Recentemente, um grupo de cientistas do Reino Unido criou um microscópio capaz de ver claramente objetos de 50 nanômetros. Isso permite observar o interior das células e estudar os vírus e microorganismos VIVOS. E é que até agora isso era impossível, e os corantes que mataram esses seres devem ser usados.

Eles alcançaram esse nível de zoom graças ao uso de microesferas de vidro.Uma técnica muito inovadora, que permite, entre outras coisas, detectar as perturbações geradas por esses seres quando se movem. Chamadas de flutuações efêmeras ou ondas evanescentes, sua captura resolveu um enorme problema que vem causando dor de cabeça na comunidade científica.

p>

Sua construção e características técnicas foram publicadas na revista científica Nature Communications.

Este fato, que permitirá estudar o comportamento de certos seres unicelulares em estado ativo, representa uma verdadeira revolução no mundo científico. Provavelmente, mudará as técnicas de estudo e os protocolos que são seguidos para ele, ao mesmo tempo em que condena muitos microscópios a uma segunda posição mais secundária.

Devemos lembrar que estamos falando de microscópios ópticos, não estamos falando de outros tipos de dispositivos que utilizam outras técnicas, devemos ter isso em mente.

ONDE COMPRAR UM MICROSCÓPIO DE QUALIDADE

Muitas vezes, quando procuramos um microscópio que atenda às nossas necessidades, podemos enlouquecer procurando por ele.

Atualmente existem muitas lojas especializadas, principalmente nas grandes capitais, que possuem uma enorme variedade de microscópios em estoque, e caso não tenham um modelo específico, podem trazê-lo até você mediante solicitação. Outra vantagem de ir a uma empresa local é que eles podem aconselhá-lo sobre todos os detalhes do microscópio, seu uso e sua manutenção. A desvantagem de fazer isso é que geralmente pagaremos um preço mais alto, que às vezes pode chegar a um aumento de 20%. Se você sabe o que precisa e o que procura de acordo com suas necessidades, pode ir ao comércio online. Se você procura algo altamente especializado, deve procurar um especialista no setor, mas se, em vez disso, procura um modelo muito simples, ou mesmo amador-avançado, recomendamos, sem dúvida, que você procure a gigante Amazônia.

Há uma enorme variedade que vai da linha doméstica à semiprofissional, passando por uma boa seleção de microscópios amadores ou voltados para escolas e centros educacionais.

Em artigos anteriores abordamos o assunto e até fizemos uma seleção dos melhores modelos de microscópios que você pode comprar neste 2020 pela Amazon.

Recomendamos que você siga estas dicas: se você precisa de um modelo muito especializado e precisa de aconselhamento especializado e não se importa de pagar mais, vá à sua loja local, caso contrário, se você precisar de um microscópio mais geral e quiser economizar você mesmo um bom dinheiro, use a Amazon ou alguma outra loja online para a compra.

CONCLUSÕES

O mundo dos microscópios é fascinante e hipnótico. Seus primeiros inventores já estavam olhando através da ótica, e um novo horizonte estava se abrindo diante deles. Esse sentimento permanece intacto, pois ainda hoje, se olharmos através de um microscópio, nos sentimos como crianças explorando novamente o universo.

Um microscópio é uma maneira ideal de apresentar a todos, mas especialmente aos pequenos, o mundo da ciência e, neste caso, de uma “perspectiva mágica”.

.

Deixe um comentário

Observe que os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados