Aventuras de Martin, o cientista (XIII) Vírus, vá embora!

Naquela manhã, Martín acordou se sentindo péssimo. Ele contou a seu pai sobre isso e ele imediatamente reconheceu a causa.

— Você não vai à escola hoje, filho. Você está resfriado.

— Por que fiquei doente? o menino perguntou.

— Isso acontece por causa de um tipo de vírus chamado rinovírus.

— O que são vírus?

— Os vírus são microorganismos, seres muito pequenos que não podem ser vistos a olho nu. Para vê-los, precisaríamos de um microscópio. Ao contrário das células, que podem se reproduzir por conta própria, não são seres vivos.

— Não são? Martin perguntou, surpreso.

— Não, é por isso que para cumprir suas funções vitais eles precisam de nossos corpos. Suas superfícies têm proteínas que se ligam aos receptores em nossas células, e é por isso que, quando adoecemos, nos tornamos seus hospedeiros. Isso permite que eles repliquem seu material genético em nossas células. É por isso que são chamados de agentes infecciosos.

Naquela semana, Martín estava na cama espirrando. Ele estava tão cansado que nem tinha forças para seus experimentos, foi terrível! Pelo menos se havia uma coisa boa em ficar doente, era que ele podia ter toda a sopa de legumes de sua mãe que ele quisesse, que ele raramente fazia porque exigia muita preparação.

No entanto, no domingo ele acordou se sentindo muito melhor. Seu nariz estava limpo, então ele não tinha mais problemas para respirar e sua garganta também não doía. Eu poderia finalmente fazer ciência novamente!

— Martin, a comida está pronta. À mesa! — avisou sua mãe.

O menino foi até a mesa, mas quando ele estava prestes a se sentar, sua mãe olhou para ele com seriedade.

— Você lavou as mãos? ele perguntou com os braços cruzados.

— Não, desculpe. Já volto! — ela exclamou correndo em direção ao banheiro.

Enquanto lavava as mãos com água e sabão no banheiro, ela percebeu que nunca questionou por que sempre tinha que lavar as mãos se não tinha tocado na lama ou em qualquer coisa suja. Durante o almoço, ele contou a seus pais sobre sua nova pergunta e seu pai disse:

— Os vírus podem ser transmitidos por diferentes tipos de vetores, que são portadores do vírus. Em alguns casos, esses vetores podem ser animais, água, ar, comida e objetos. É por isso que lavar as mãos é um importante hábito de higiene. Graças a isso, podemos evitar a transmissão e o contágio de vírus que possamos ter neles devido ao contato com objetos infectados.

A partir desse momento, Martin não só não voltou a sentar-se à mesa sem antes lavar as mãos, como também investigou outros métodos de prevenção, como cobrir a boca ao tossir ou espirrar e vacinas, que preparam o sistema imunológico ensinando-o para reconhecer o vírus mais rapidamente quando ele entra em nosso corpo.


Deixe um comentário

Observe que os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados