Em 6 de maio de 1856, em Pribor, Império Austríaco e atual República Tcheca, nascia Sigmund Freud.

Neste dia (6 de maio de 1856, em Pribor, Império Austríaco e atual República Tcheca, nasceu Sigmund Freud (Sigismund Schlomo Freud), neurologista e livre pensador austríaco, criador da psicanálise t5>e uma das maiores figuras intelectuais do século XX.
Em 1881 formou-se médico. ​Freud trabalhou sob a direção de Theodor Meynert no Hospital Geral de Viena entre 1883 e 1885.
Como pesquisador médico, Freud foi pioneiro em propor o uso terapêutico da cocaína como estimulante e analgésico. Com base nos experimentos que ele mesmo realizou no laboratório de neuroanatomia do notável patologista austríaco e especialista em histologia Salomon Stricker, ele conseguiu demonstrar as propriedades da cocaína como anestésico local.
Estudou em Paris, com o neurologista francês Jean-Martin Charcot, as aplicações da hipnose no tratamento da histeria. De volta à cidade de Viena e em colaboração com Josef Breuer ele desenvolveu o método catártico.
Gradualmente, ele substituiu tanto a sugestão hipnótica quanto o método catártico por associação livre e interpretação dos sonhos; a base da psicanálise.
Em 1899​, foi publicada aquela que é considerada sua obra mais importante e influente, A Interpretação dos Sonhos, inaugurando um nova disciplina e forma de entender a mente humana, psicanálise.

Freud procurou uma explicação para o funcionamento da mente. Ele propôs uma estrutura para ela dividida em três partes:

  • O id representa os impulsos ou impulsos primitivos.
  • O superego, a parte que contraria o id, representa pensamentos morais e éticos.
  • O eu permanece entre os dois.

Freud estava especialmente interessado na dinâmica dessas três partes da mente.

Legado
  • Psicoterapia. As hipóteses e métodos introduzidos por Freud foram controversos durante sua vida e permanecem até hoje, mas poucos contestam seu enorme impacto na psicologia e na psiquiatria.
  • Filosofia.Mmuitos filósofos discutiram suas teorias e suas implicações no contexto do pensamento ocidental. O modelo da mente de Freud é frequentemente visto como um desafio à filosofia moderna
  • Cultura popular. Freud também teve uma influência de longo alcance e duradoura na cultura popular. Muitas de suas ideias gerais ganharam lugar no pensamento cotidiano: o "deslizamento freudiano", o "complexo de Édipo", entre outros.
  • Arte, literatura e cinema. Desde o início do século XX as idéias de Freud têm sido frequentemente representadas de forma explícita ou implícita nas correntes da arte, literatura e cinema.
A divisão de opiniões que a figura de Freud suscita poderia ser assim resumida: alguns o consideram mais como um grande cientista no campo da medicina, que descobriu grande parte do funcionamento psíquico humano; e outros o vêem especialmente como um filósofo que reformulou a natureza humana e ajudou a derrubar tabus, mas cujas teorias, como ciência, falham em escrutínio rigoroso.
Karl Popper critica a psicanálise em seu trabalho sobre a filosofia da ciência por basear sua teoria em hipóteses não falsificáveis ​​e por reafirmar a evidência quando não confirma a hipóteses, recorrendo ao infalsificável Embora Popper tenha chamado a psicanálise de pseudociência, ele não sugeriu que a psicanálise não fosse racional ou que não fosse valiosa. O próprio Popper declarou que a psicanálise "faz uma metafísica psicológica interessante (e não há dúvida de que há alguma verdade nela, como tantas vezes há nas idéias metafísicas)".
Por curiosidade, gostaria de comentar que seu interesse inicial por neurologia é menos conhecido. No início de sua carreira , ele havia investigado a paralisia cerebral. Ele publicou vários artigos médicos neste campo. Não foi até a década de 1980 que suas especulações foram confirmadas por pesquisadores mais modernos.
-------------------------------------------- ------------------------------------------------
- você tem um problema
- eu?
- sim, você
- e que problema eu tenho?
- Não sei
- e como você sabe que tenho um problema?
- Ouvi dizer que um certo Freud disse que todos nós temos problemas ocultos em nosso inconsciente
-já
- e além disso, ouvi dizer que a incapacidade de tolerar a ambiguidade é a raiz de todas as neuroses
- mas você entende o que está dizendo?
-não
- bem, você tem um problema
- foi o que Freud disse
- e por que você presta atenção nele?
- e se ele estiver certo! e sim, você está certo! .... ei!... ei!... responda! ...resposta!...
- mas me deixe louco!
- você vê! Você também acha que eu sou louco!
- me deixe em paz! me solte!
.

Deixe um comentário

Observe que os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados