Em 5 de maio de 1887, em Lima, capital do Peru, Ricardo Palma Soriano fundou a Academia Peruana de Línguas.

Neste dia (5 de maio de 1887), em Lima, capital do Peru, Ricardo Palma Soriano fundou a Academia Peruana de Línguas.
Manuel Ricardo Palma Soriano nasceu em Lima em 7 de fevereiro de 1833, foi um romântico, costumbrista, tradicionalista, jornalista e político peruano famoso principalmente por seus contos de ficção histórica coletados em o livro Tradições Peruanas.
Palma foi um valente defensor dos Peruanismos, que expôs em seus livros Papeletas lexicogràficas e Neologismos e Americanismos, além de lutar contra a Royal Spanish Academy a aceitá-los.
A Academia Peruana de Língua (APL) é uma instituição cultural que reúne estudiosos, escritores, poetas, linguistas e cientistas, especialistas no uso de a língua espanhola no Peru.
Algumas palavras que a APL coleta como "peruanismos" do espanhol são;
´Amauta´ é uma voz comumente encontrada no castelhano do Peru e que tem sua origem em aimará e quíchua. Atualmente, é usado para designar uma pessoa experiente, geralmente idosa, que nas comunidades andinas tem autoridade moral e alguns poderes de governo.
´Chilcano´, caldo à base de cozedura de peixe ou marisco em água abundante. Também btradicional bebida alcoólica peruana.
´Otorongo´ , Corrompido; amplamente utilizado para se referir a congressistas.
´Pollada bailable´, um encontro com fins monetários em que se come, bebe-se e dança-se frango frito ou assado com batatas e salada "até às últimas consequências".
A título de curiosidade, comente que entre seus membros mais conhecidos internacionalmente está Mario Vargas Llosa, ganhador do Prêmio Cervantes (1994) e do Prêmio Nobel de Literatura (2010), que também tem assento na Royal Academy Espanhol
-------------------------------------------- --------------------------------------------------
- você já ouviu falar?
- de quê?
- Bem, Ricardo fundou a Academia Peruana de Línguas
- Uau
- não está interessado?
- não, eu tenho uma boa língua
- como?
- olha, olha...
- o que você está fazendo?
- então olhe minha língua
- para quê?
- para você ver que é vermelho e lindo
- e?
- Bem, eu não preciso ir a nenhuma Academia de Idiomas
- Acho que não é esse tipo de "linguagem"
- existe outro tipo de linguagem?
- bem, agora eu não sei
- poderia ser uma língua de serpente?
- Vou perguntar ao Ricardo
- melhor

Deixe um comentário

Observe que os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados