Tese

Uma tese é a afirmação, proposição, opinião ou teoria concreta que se tem de uma ideia, que é exposta abertamente, com seu devido fundamento. Geralmente afirma uma proposição científica ou um fato demonstrável.
Também conhecida como teoria científica, é normalmente um texto ou obra argumentativa, na qual podemos encontrar a opinião do escritor sobre o tema específico a ser tratado, que pode abranger uma infinidade de campos. Depois de apresentar a tese, quem a escreve defende a tese com os argumentos usados ​​para ela.

Etimologia

A palavra Tese vem de do grego θέσις thésis, que pode significar "estabelecimento, proposição ou colocação", bem como "o que se afirma, o que se propõe, o que se propõe".
A palavra Tese tem a particularidade de ser escrita da mesma forma tanto no plural quanto no singular.

Tese de pesquisa

Quando falamos de tese de pesquisa nos referimos a um relatório, que é feito sobre um problema ou conjunto de problemas em um área da ciência, onde se afirma o que se sabe sobre esses problemas, as soluções que são dadas para resolvê-los e o que significam os resultados dessa solução. Geralmente são feitas como tese de estudante ao final de um processo acadêmico e, se aprovadas, podem obter título de bacharelado, mestrado e doutorado.
Uma tese deve ser objetiva, baseada em dados, não preconceito; deve ser único e original, propondo ideias e resultados do próprio autor, mas não de outra pessoa; deve ser claro e preciso; e, por fim, deve ser específico, evitando cair em generalizações.

Tese científica

Para que uma tese seja aceita na área de ciências naturais, ela deve ser submetida a um sistema especial de regras, além de atender aos seguintes requisitos:
  • Não seja uma opinião óbvia.
  • Ser comprovado por fatos que possam ser corroborados
  • Destaque a importância do método utilizado para chegar a esta tese.
  • Não deve conter contradições lógicas.
  • Não deve se limitar a outra tese que tenha sido aceita.
  • Deve ter uma conclusão clara e definida, que não pode ser ambígua.



Tese ao longo da história

Na época clássica, principalmente no ramo da medicina, uma tese era uma afirmação exposta pelo apoiador. Essas ideias expostas foram então submetidas a um interrogatório ou a um teste dialético, para que o torcedor pudesse expressar seus argumentos e comprovar sua validade.
Com o passar do tempo, as teses passaram a ter um significado mais amplo, tornando-se, em geral, controverso. Ao longo da história podemos encontrar diferentes teses que foram controversas, e cuja abordagem resultará em mudanças significativas no curso da história humana.
Um exemplo disso é a publicação de Martinho Lutero em 1517 das 95 teses contra a indulgência, que levou ao que mais tarde foi chamado de Reforma Protestante.


Deixe um comentário

Observe que os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados